segunda-feira, 29 de junho de 2009

descontos

cansado

estou cansado
de estar cansado

preciso de saber
do que preciso
para não estar
cansado

quem quero ser?
outro eu?
renascer?
comprar outra história?

que importa
serei o vilão

não vejo o mar
mas sei que existe
bem á minha frente
sinto a maresia
molha-me o dorso
seca-me os lábios
num castigo ecoante

sei o que não quero
não quero magoar
não dêem por mim

respiro por necessidade
em silêncio
a um canto sentado
na solidão de mais uma noite
como os restos do dia

descontos
que o tempo me dá
para viver
metade mim
quem me entende?

RuiSantos

1 comentário:

Susana Garcia disse...

Escreveste tanto amigo Rui Santos,que bom.Mas essa tua escrita está a mostrar algum cansaço e raiva e outros sentimentos um bocado negativos.
Quando escreves algo mais positivo?
beijinhos